SEM INFORMAÇÃO

Por Osny Alves

Não temos essa informação. Essa é uma frase que já estamos acostumados a ouvir. Pelo menos em São Paulo. 
Conheci um professor contratado, junto à Secretaria da Educação do Estado, e desde o início de seu contrato teve direito a frequentar o IAMSP, que é o Servidor Público de São Paulo, um mega hospital com inúmeros recursos, mas de uns anos para cá tudo mudou e ele perdeu o benefício, e com um prejuízo terrível para quem tem como dependentes os pais. Ainda mais porque já estão numa idade em que precisam de toda a atenção possível. 

Na ocasião ele lutou com todas as forças, porém, sem sucesso algum e eles tiveram que voltar ao uso do SUS. Ano passado, (2015) sua mãe sofreu um AVCH e não teve jeito, foi levada a um hospital público. O descaso foi imenso, coisa comum na vida de qualquer brasileiro que não tem convênio médico para idosos, que cubra qualquer tipo de carência. Alguns dias depois ela veio a falecer. Pouco mais de um ano recebi a notícia que seu holerite tinha voltado a descontar a taxa do IAMSP, ele foi a secretaria da escola e lhe informaram que possivelmente teria direito novamente ao benefício, pois estava usando uma portaria que lhe dava tal direito. Foi procurar saber no respectivo órgão, e para a sua surpresa estava lá a sua carteirinha e a dos seus pais. Só que para a mãe dele foi tarde demais....

Hoje em dia nos falta muitas informações, para quase todas as nossas incertezas, e quando elas nos chegam, nunca são confiáveis, pois suas fontes vem de pessoas que não se importam e nem tomam conhecimento do significado da palavra "amor" por si mesmo e quem dirá por seu próximo... 

Postagens mais visitadas