MINHA ESSÊNCIA, ESSENCIAL.

MINHA ESSÊNCIA, ESSENCIAL.
(Por Maristela Ormond)

Imagem retirada da web


               Há algum tempo quando a saudade doía muito, eu ficava quase insana te procurando pelos cantos, pelos retratos antigos, pela minha meninice em seu colo, pelos escritos e cartas, pelas flores que desenhavas...
               Procurava-te e ainda procuro dentro da natureza, num pé de fruta, numa rosinha miúda, na flor que promete uma fruta e te encontrava em algumas palavras, alguns ensinamentos cheios de sabedoria.
               Algum tempo depois, cheguei a chorar muito, procurando algo que não sabia bem onde poderia encontrar.
               Procurei o seu afago, a critica ao meu cabelo, o sorriso de alegria quando eu chegava, a benção que sempre me dava, a postura que sempre me foi cobrada, para ser uma linda mulher.
               Procurei-te e procuro na essência de teu cheiro, no soar de tua voz, nas rezas que me ensinastes, nos provérbios muito sábios, nas receitas para sarar uma doença, na escolha de produtos, na divisão de algo gostoso que querias compartilhar.
               Hoje quando a saudade bate me posto em frente ao espelho. Sim, em frente ao espelho! Olho bem dentro dos meus olhos, em minha pele, em minha boca, na característica daquela ruga de expressão e te encontro facilmente.
               Você está dentro de mim. Deu-me tanto, me fez ser assim, pois sou um pedaço de ti.
               Descubro que o tempo passa e quanto mais ele passa, mais encontro você aqui dentro. Sou sua essência e essência não perece, essência é para sempre. É dela que somos feitos, é dela que a imortalidade se pronuncia cada vez mais latente, provando que somos exatamente aquilo que amamos.



Postagens mais visitadas