DE HOMEM PARA HOMEM NESTE NATAL

(Por Osny Alves)

Pouco mais de uma década que chegamos ao século XXI, e a muito não existe essa coisa de Macho Alfa. Coisa mais cafona, sem sentido. O homem moderno é mais humano, ou teria que ser, não essa coisa de ser Macho o tempo todo. Esta coisa de não chorar porque é homem, mas também não estou dizendo que ele tem que ser melindroso ou delicado, no mínimo gentil, entretanto, seja humanizado. Sentir a essência que a vida lhe traz é um começo. Sabemos que nós do sexo masculino, somos o sexo frágil, pois não resistiríamos a uma cólica, ou um parto, quem dirá vários partos ou doze menstruações durante o ano, sangrando por dias a fio.

Deixar de ser hipócrita já é um começo. Desistir de bater em mulher também, ser mais humilde e atencioso, reconhecer e valorizar o que ela faz por ele e pela família. Ser o Macho Alfa é saber que ela vive tão bem sem você como estando ao seu lado. É ser cortês e sensível aos sentimentos dela. É olhar com carinho e pôr-se no lugar do sexo feminino as vezes e sempre nos momentos decisivos. Não rezar aquela cartilha que ele é o dono da verdade absoluta, pois essa verdade se refere somente aos pensamentos de Deus. E isso para quem acredita nesse Poder Supremo, e para quem não acredita, saiba que essa verdade absoluta não existe nem desse lado e nem do lado delas.

Lembrar que esse tal Macho Alfa não é nenhum deus, quem dirá um machão como cantava a reza na idade média ou antes dela. Sabemos que na evolução das coisas esse tipo de homem já caiu em descrédito há muito tempo, e os que restam estão sendo engolidos pelo terceiro sexo, tanto do lado de lá, como no de cá. Então que tal ser mais humano? Antes que nossa raça seja extinta! Pois as crianças que nascem desses animais querem ser gente e outras, querendo ser no mínimo diferentes do que veem em casa.

Espero sinceramente que a partir desse Natal você entre o novo ano com um espirito brando, mais humanizado, essa é a evolução a qual eu creio que falta na humanidade. Ser um cavalheiro e não se confundir com a expressão cavaleiro, pois você não monta em animal nenhum, como gosta de fazê-lo com orgulho. E se não for romântico, seja pelo menos humano. Não são todos que nascem com o dom que esse poder faz nas mulheres e que sempre encantará o “antigo” sexo frágil.

Postagens mais visitadas