Investir em um projeto pessoal que faça realmente algum sentido


Investir em um projeto pessoal que faça realmente algum sentido

(Por Claudiane Ferreira) 


Entra ano e sai ano e a maioria de nós faz planos básicos para o novo ano que virá, emagrecer, arrumar um namorado, um emprego, juntar dinheiro para comprar um carro, uma casa etc.. .

O ser humano pensa ainda rasteiro... E sentimentos como a inveja, mesmo aquela dita do bem - a tão já famosa invejinha branca (nunca entendi muito bem o porquê de a cor ser branca, alguém aí entende?), está no ar em pleno exercício.

Quem de nós nunca parou em frente de alguma imagem publicada por nossos amigos e não desejou estar ali naquela paisagem, festa ou mesmo ser integrante daquela família que esbanja felicidade pelos poros etc... ? Cada vez mais somos bombardeados e bombardeamos a web com momentos, digamos de pleno gozo de viver. O que aconteceria se hoje fosse possível junto ao self, fotos, capturar concomitantemente também imagem da alma ou do Eu?

Querendo ou não acreditar, nós estamos todos interligados e, de uma maneira ou outra, precisamos contribuir para a evolução, não só nossa, mas de todos aqueles que, de uma maneira ou outra, atravessam o nosso caminho.

2015, um ano perfeito para colocarmos ordem em nossa existência e valorizar o que realmente é importante para nosso crescimento: ano de Marte no horóscopo ocidental.

Esse planeta é um regente que te influencia a ter mais coragem e força para: se auto afirmar, se auto motivar e buscar sua identidade verdadeira. 1

Ano “da cabra no horóscopo chinês”. Será um ano de se unirem na fé e na crença de que o bem vai prevalecer sobre as forças que se recusam a obedecer a um estilo de vida pacífico. Para aqueles que confiam na bondade, felicidade, o sucesso seguirá.2

♪”Esse ano eu quero paz no meu coração, quem quiser ser meu amigo que me de a mão.”

Fico por aqui desejando a todos os autores do blog “1001 Crônicas Brasileiras”, leitores e amigos... Votos de um 2015 radiante e que cada um de nós nesse ano novinho, novinho, tente algo diferente. Que tal investirmos em um projeto pessoal que faça realmente algum sentido?


No final da maioria de minhas crônicas sempre deixo uma citação, dessa vez, segue uma fábula que mexeu, ou melhor, ainda mexe e sempre mexerá comigo, pois fala do quanto valemos para nós mesmos.

Imagem : www.tumblr.com


O homem estava em casa sozinha quando tocaram a campainha, vagamente irritado, pois já se atrasara ela abre a porta:

― Sim?

O rapaz alto e estranho, andrógino, faz um sinalzinho dobrando o indicador:

―Vim buscar você.

Não era preciso explicar o homem entendeu na hora, o anjo da Morte estava ali e não tinha como escapar.

― Agora? Assim sem aviso nem nada?

O Anjo sorri, suspira e diz:

― Mas ninguém tem originalidade de me receber com simpatia nesse mundo, ninguém nunca está preparado? Está certo você só tem 40 anos, mas os de 80 se recusam...
O homem insistiu: ― Me dá uma chance.

O Anjo sente pena, aquele grandalhão estava realmente apavorado.

― Eu te dou uma chance se você me der três boas razões para não vir comigo desta vez.
O homem aprumou-se, claro ele sabia ia dar certo, sempre fora bom negociador. Mas quando ia abrir a boca para começar, o Anjo ergueu um dedo imperioso:

― Espera aí. Três boas razões, mas... não vale dizer que seus negócios precisa ser organizados, sua família não está garantida, seus filhos nada sabem da realidade. O que interessa é você, você mesmo. Por que valeria a pena te deixar por aqui algum tempo?3


Fonte:


(3)  Fábula extraída do Livro “Perdas & Ganhos”, de Lya Luft, – Record

Postagens mais visitadas