Querer e fazer acontecer

Hoje pela manhã sai de casa para ir ao supermercado. Comprei sabão em pó e amaciante de roupas.
Antes de retornar, passei em uma loja de ferragens, que fica a 200 metros da minha casa, para pesquisar preços de tábua de passar roupa. Pois bem, havia um modelo apenas e não era o que eu queria. Para mim a simplicidade e praticidade são pontos altos para qualquer coisa que irei comprar.
Sai da loja um pouco frustrada, pois naquele momento já havia colocado na minha cabeça que iria comprar hoje a tal tábua. Caminhei alguns metros na direção de casa e parei, pensei por alguns segundos e mudei meu trajeto, fui até o centro da cidade, onde há várias lojas de móveis. Entrei na primeira que encontrei pelo caminho. Logo uma moça toda sorridente veio me atender, isso já fez com que minha vontade de comprar se aguçasse. Não demorou mais que dez minutos e eu estava convencida que era aquela tábua que iria comprar. Fixamos os olhos no móvel  por longos segundos, eu para decidir como levaria a compra para casa, já que tinha saído para ir ao supermercado e estava a pé, e ela, esperando o momento certo para quebrar o silêncio e me ajudar a tomar uma decisão. E esse momento chegou, ela voltou-se para mim e argumentou: essa tábua é a mais vendida, pois além de caber em qualquer canto, é bem leve. Bingo! Leve! Eis que ela falou a palavra mágica. Olhei-a e disse: vou levá-la.
E assim aconteceu, sai da loja pensando:Por que preciso de um carro para levar pra casa algo que tem o peso que eu posso carregar? Apenas pelo fato de que carregando ela tive que aumentar o meu espaço de ocupação na calçada? Não! Se minha vontade, meu querer se sobrepor a isso, não há dificuldade alguma.
Algumas pessoas me olharam com um ponto de interrogação sobre suas cabeças, mas e daí? A resposta para todas elas seria a mesma, porém cada qual receberia de uma forma, conforme seus conceitos. 

Cheguei em casa, sã e salva, satisfeita com minha tábua de passar roupas.


Moral da história: Não há obstáculos intransponíveis quando se deseja algo verdadeiramente.

Joana Tiemann

Postagens mais visitadas